09/03/2020

Em dia de campo, quase 400 pessoas conheceram detalhes da Competição de Cultivares de Soja da Feira

Noticía Agricultura
compartilhar

A AgroBrasília, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), realizou na manhã da última sexta sexta-feira (6) o Dia de Campo da Competição de Cultivares de Soja. A 12º edição do evento reuniu cerca de 400 pessoas, que puderam conhecer detalhes do torneio, como as empresas participantes e cultivares inscritas. O dia de campo ocorreu na Fazenda Pedro Carmo, no PAD-DF.

 

A competição é uma oportunidade para que agricultores avaliem o potencial produtivo das cultivares, além de observar a qualidade de desenvolvimento da raiz e a variedade genética das sementes. Na edição de 2020, são 17 empresas participantes, com 63 cultivares – 6 do tipo RR e 57 Intacta RR2. A soja RR é tolerante ao herbicida Glifosato. A soja Intacta RR2 é tolerante ao glifosato e apresenta capacidade de controle de algumas lagartas que atacam a cultura.

 

Presidente da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), que realiza a AgroBrasília, José Guilherme Brenner destaca que o envolvimento da entidade na organização do torneio aumenta a credibilidade dos resultados. “Somos uma cooperativa de produtores. Então, a competição é uma iniciativa de produtores para produtores, com resultados reais, com características que ajudam o agricultor a se manter atualizado e a tomar decisão no momento do plantio.”

 

Brenner avalia ainda que um dos principais fatores que explicam os altos índices de produtividade de soja no Distrito Federal é a evolução na variedade e na qualidade das cultivares. “Acompanhar essa evolução é fundamental para que o produtor alcance sucesso e, nesse sentido, a competição de cultivares tem cumprido um papel importante. Os produtores da região reconhecem isso e muitos esperam os resultados do concurso. As empresas também têm aumentado a participação no torneio, o que mostra que nosso trabalho é confiável”, afirma.

 

Na safra de 2019/2020, a produtividade da leguminosa no Distrito Federal alcançou os 3.500 kg por hectare, uma das melhores do País e acima da média nacional, que é de 3.300 kg/ha. Em relação à safra passada, o indicador teve um crescimento de 6,1%. A unidade da Federação também vem se destacando na produção de sementes de alta qualidade, e a cadeia local estabelece parâmetros que impactam todo o agronegócio nacional.

 

Hoje, o DF abriga 74,5 mil hectares de soja, que geram cerca de 260 mil toneladas do produto. Nos anos de 2017 e 2018, desses 74,5 mil ha, mais de 30%, ou cerca de 27 mil hectares, estavam voltados à produção de sementes. Por ano, o Distrito Federal exporta cerca de 39 mil toneladas de sementes de soja para outros estados como insumo na produção de grãos, e o mercado local movimenta cerca de R$ 20 milhões.

 

Para João Nestor, produtor rural de Cristalina (GO), que participa desde a primeira edição, o evento auxilia no planejamento do próximo plantio. “Aqui nós conseguimos enxergar o lançamento de variedades das empresas. Como é uma competição de cultivares, elas trazem as melhores. Às vezes, na fazenda, não temos acesso a esse conhecimento Por isso, dias como esse e a competição são essenciais para tomarmos decisão e conhecermos os lançamentos.”

 

Condições semelhantes

 

Os materiais do torneio foram plantados sob condições semelhantes, de 18 a 22 de novembro de 2019. O resultado será divulgado na AgroBrasília, que acontece nos dias 12 a 16 de maio.

 

No início do Dia de Campo, o gerente do escritório da Emater no PAD-DF, Marconi Borges, explicou aos participantes os parâmetros adotados no plantio para garantir o máximo de lisura na competição. “Nesse ambiente controlado, os produtores conseguem ter informações precisas sobre as variedades”, afirmou.

 

Coordenador das etapas do ensaio, o engenheiro agrônomo da Coopa-DF Lafayette Machado, detalhou pontos técnicos do cultivo, como índices de chuva no período, produtos usados no tratamento dos materiais, técnicas adotadas. Além disso, reiterou o esforço da organização do torneio para garantir tratamento isonômico das cultivares.

 

Patrocínio

 

O Dia de Campo contou com o patrocínio das empresas Alltech Crop Science, Bayer, Dimiagro, KLF, Koppert, Mosaic, Nutrimax e Vegetal.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cartilha traz recomendações básicas para pequenos criadores de aves

Em reunião no Parque Ivaldo Cenci, vitivinicultores do Planalto Central tratam da construção de vinícola no lugar

AGROBRASÍLIA
Feira Internacional dos Cerrados
agrobrasilia@agrobrasilia.com.br
+55 61 3339-6541
+55 61 3339-6542
+55 61 98478-6676
+55 61 99945-0292

Seja expositor


© Copyright 2019 AgroBrasília Todos os direitos reservados         Design Lucivam Queiroz // Frontend webtoyou // Desenvolvimento Agro3w