19/10/2020

Polo quer estimular produção de frutas de alto valor agregado no DF e em 33 cidades de Goiás e MG

No DF, o objetivo é estimular cultivo de mirtilo, framboesa e outras frutas de clima temperado
Noticía Agricultura
compartilhar

iStock-822039306.jpg

- Foto: iStock/Mapa

Estimular a produção de frutas de maior valor agregado entre pequenos e médios produtores rurais do Distrito federal, de 29 municípios de Goiás e quatro de Minas Gerais. Essa é uma das metas do Polo de Fruticultura da Ride (região integrada e desenvolvimento que envolve o DF e os demais municípios). A iniciativa envolve os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Desenvolvimento Regional, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

No próximo dia 22, será divulgado o resultado do edital para contratação dos serviços e estruturação do projeto, que prevê plano de comunicação, preparação de um piloto de plataforma interativa de acompanhamento e avaliação dos trabalhos e produção do plano estratégico de desenvolvimento do polo.

O coordenador do projeto na Superintendência Federal de Agricultura do Distrito Federal, Willian Barbosa, destaca que esse é um importante passo para o polo “sair do papel”. Inicialmente, serão destinados R$ 950 mil para a estruturação do projeto.

Mirtilo

A ênfase no Distrito Federal será o cultivo de frutas de alto valor agregado como mirtilo (também chamada de blueberry), framboesa e outras de clima temperado, como uva.

Entre os objetivos estão a promoção do uso dos recursos naturais e agregação de valor aos produtos. O público-alvo será os pequenos e médios produtores rurais dedicados às ações ambientalmente sustentáveis, como o uso da irrigação por gotejamento, além de empresas beneficiadoras das frutas e startups inovadoras. Também será estimulada a formação de associações e cooperativas de produtores.

Segundo o Plano Diretor de Agricultura Irrigada do DF (PDAI-DF), existe um déficit na produção de frutas e consumo equivalente a 37.768 toneladas/ano. Os produtos com maior demanda em comparação à produção são: abacaxi, laranja, mamão, manga, morango e uva.

O coordenador de projetos especiais da Codevasf, Luiz Curado, calcula que a demanda inicial por mudas de mirtilo deverá ser de 30 a 40 mil unidades, com potencial de produção em até oito meses por serem irrigadas. A produção estimada é de 30 toneladas por hectare, com rentabilidade aproximada de R$ 300 mil por hectare, se o quilo da fruta for comercializado a R$ 8.

Atualmente, a Unidade de Biotecnologia da Universidade de Brasília (UnB) produz as mudas.

O coordenador acrescenta que o mirtilo necessita de colheita manual, o que vai representar número significativo de novos empregos.

O consumo do mirtilo tem se popularizado no mundo e é recomendado por médicos e nutricionistas pelos benefícios à saúde, como o alto teor de antioxidantes naturais.

mirtilo-em-telado-e1593698196219.jpg

Produção de mirtilo no DF/Foto:UnB/Divulgação

Rotas de Integração Nacional

O Polo de Fruticultura da Ride faz parte das Rotas de Integração Nacional, da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Depois de criadas, as rotas atuam com redes interligadas de Arranjos Produtivos Locais (APLs) para promover inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade de empreendimentos associados.

Ao todo, existem dez tipos de rotas no país: do Açaí; da Biodiversidade; do Cacau; do Cordeiro; da Economia Circular; da Fruticultura; do Leite; do Mel; do Peixe; e da Tecnologia da Informação e Comunicação. Os trabalhos ocorrem em 800 municípios nas cinco regiões do país.

*Com informações do MDR

Fonte: Mapa

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Previsão do tempo pode ser importante aliada do produtor rural

Faeg realiza cerimônia de assinatura de contratos de projetos rodoviários em Goiás

AGROBRASÍLIA
Feira Internacional dos Cerrados
agrobrasilia@agrobrasilia.com.br
+55 61 3339-6541
+55 61 3339-6542
+55 61 98478-6676
+55 61 99945-0292

Seja expositor


No DF, o objetivo é estimular cultivo de mirtilo, framboesa e outras frutas de clima temperado
© Copyright 2019 AgroBrasília Todos os direitos reservados         Design Lucivam Queiroz // Frontend webtoyou // Desenvolvimento Agro3w