Anúncio aqui
13.05.2023 | Por: administrador

Beef 957

Nós, do Beef 957, entendemos como são os nossos animais por dentro de sua carcaça, medindo a musculatura e a gordura deste animal através de uma ultrassonografia.

Quando não existia a tecnologia do ultrassom, isso só era possível após o abate do animal.
Agora temos a possibilidade de selecionar animais vivos que diante de um mesmo manejo dão resultados superiores em comparação com aqueles que não possuem uma disposição para musculatura e gordura. Podemos selecionar animais e multiplicá-los.

Desde 1990 os EUA vêm adotando essa tecnologia, e com isso aumentando o peso de sua carcaça abatida e diminuindo o tempo para abate. Atualmente, o Americano produz mais carne que o Brasileiro, mesmo possuindo menos da metade do rebanho brasileiro e com adversidades como o clima frio e neve, por exemplo.

Como isso é possível?
O ultrassom de carcaça é para o gado como uma análise de solo é para a lavoura de grãos. Como lidamos com aquilo que não conhecemos? Não dá, simplesmente jogamos com a sorte. O pecuarista que não encarar os números, está fadado a sair do ramo. Atualmente analisamos 0,5% do rebanho nacional com ultrassonografia, é muito pouco e essa é a sua oportunidade de se destacar com uma genética já selecionada.

Venha nos visitar e conhecer um gado com disposição para produção de carne e gordura, com menor consumo de matéria seca por @ produzida e em menor tempo, sem contar a possibilidade de agregação de valor através da carne “gourmet”.

Outros artigos desse tema