Anúncio aqui
09.05.2023 | Por: administrador

AgroBrasília inclui em sua programação oficial I Encontro das Mulheres Rurais

Realizada em parceria com o Senar/DF, a iniciativa pretende estimular a participação no agro e o lado empreendedor dessas mulheres

 

A AgroBrasília apoia a formação de mulheres para o empreendedorismo, liderança feminina e sustentabilidade no agronegócio. Em 2023, por mais um ano, inclui em sua programação oficial atividade que irá tratar da participação feminina no setor e das maneiras de aperfeiçoá-la. No último dia da Feira, 27 de maio, pela manhã, vai ocorrer o I Encontro das Mulheres Rurais. A ação é organizada em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar/DF).

Não restam dúvidas de que as mulheres são aptas e preparadas para o trabalho rural. No entanto, elas ainda enfrentam dificuldades em atuar na área por causa de preconceitos e falta de oportunidades. Assim, pelo terceiro ano, seguimos firmes na realização de um evento voltado a elas, a fim de impulsionar melhorias”, afirma o presidente da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), que realiza a AgroBrasília, José Guilherme Brenner.

Paola Magalhães, analista técnica do Senar/DF responsável pelo encontro, aponta como maior demanda desse grupo a necessidade de mostrar o valor e as competências femininas em diversas áreas do agro. “É importante que as mulheres possam conquistar e ampliar o seu espaço no campo. Para tanto, é fundamental trabalhar aspectos como empoderamento e posicionamento.”

O encontro terá abertura oficial, feita pelos organizadores, e segue com o relato da história de vida da produtora e presidente do Sindicato dos Floricultores, Fruticultores e Horticultores do Distrito Federal (Sindifhort), do Sistema Fape-Senar/DF, Sandra Vitoriano. Planejamos também uma palestra sobre saúde feminina e teremos um espaço de beleza e autocuidado para essas mulheres”, adianta Paola.

 

Onde estão as mulheres no agro

 

Levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra que, dos 42 milhões de mulheres empregadas no país, 5,9 milhões estão no agronegócio, o equivalente a 14% do total da população ocupada. Considerando apenas os 19 milhões de ocupados no agronegócio, a participação feminina sobe para 31%. Os dados abrangem a produção dentro da porteira e os segmentos de insumos, da agroindústria e do agrosserviço.

O Cepea mostra ainda que, de 2004 a 2015, a quantidade de trabalhadoras passou de 24,1% para 28% do total de trabalhadores do agro, crescimento que vem se mantendo. Em 2022, na comparação com 2021, teve destaque o aumento do número de trabalhadores do sexo feminino (3,48% ou 199.811 pessoas) em oposição à pequena queda (-0,27% ou 35.750 pessoas) observada para os trabalhadores do sexo masculino.

O agrosserviço é o segmento que tem a maior participação de mulheres no conjunto do agro. Elas respondem por 42% da força de trabalho desse setor. A seguir vem a agroindústria, com 37%. O trabalho dentro da porteira, chamado de primário e que, às vezes, exige mais força física, tem 20%.

 

Serviço

Feira AgroBrasília

Data e horário: 23 a 27 de maio, das 8h30 às 18 horas

Onde: Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no PAD-DF, no Km 05 da BR-251, sentido Brasília-DF/Unaí-MG

Realização: Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF)

Mais informações:

Vincere Comunicação

Telefones:

Camila Gomes: (61) 98347-2021 (WhatsApp)

Pedro Costa: (61) 98252-6627 (WhatsApp)

E-mail: imprensa@agrobrasilia.com.br

Outros artigos desse tema