Anúncio aqui
19.05.2023 | Por: administrador

Atividades sobre pulses e sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta mostram sustentabilidade na prática a produtores

Para o Pulses Day e para o Dia de Campo de ILPF, as inscrições devem ser feitas no site da AgroBrasília, pelos linkshttps://agrobrasilia.com.br/pulses-day e https://agrobrasilia.com.br/ilpf/

 

Temática desta edição, a sustentabilidade será mostrada na prática aos produtores que visitarem a AgroBrasília. A Feira, que ocorre de 23 a 27 de maio, traz vários eventos técnicos, e alguns em especial destacam o assunto.

 

No dia 25 de maio, às 8h30, será realizado o Pulses Day, um dia de campo para explorar os potenciais produtivos e de mercado dessas culturas. Para isso, a AgroBrasília preparou um campo de 7 mil m2 com 44 cultivares de pulses, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci. Com sementes fornecidas pela Embrapa Hortaliças e pela LC Sementes, na lavoura há feijões comuns e especiais, grão-de-bico, lentilha, ervilha, gergelim, amendoim, milhos de alto valor proteico, além de um mix de plantas de cobertura. A iniciativa é realizada em parceria com a empresa LC Sementes. A teoria será abordada também no dia 25, com palestra às 14 horas, no auditório Buriti, no parque.

 

No dia 26, às 8h30, será realizado o Dia de Campo de ILPF, para mostrar as vantagens e os desafios da implantação de sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A ação é organizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), que realiza a AgroBrasília, pela Embrapa Cerrados (DF) e pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Conta ainda com apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) e do Projeto Rural Sustentável – Cerrado.

 

No parque Ivaldo Cenci, a área de ILPF é considerada uma das Unidades de Referência Tecnológica (URT) em ILPF do Centro-Oeste do país. O campo demonstrativo tem cinco hectares, com diversas espécies e culturas, manejadas em diferentes arranjos.

 

Chefe-Geral da Embrapa Hortaliças, Warley Marcos Nascimento observa que o cultivo de pulses e os sistemas de ILPF podem ser usados juntos. Ele explica que as culturas de pulses são rústicas, resistentes a pragas e doenças, exigindo o uso de menos defensivos, e que são opções para sucessão ou rotação de culturas, com potencial de serem inseridas em áreas de ILPF e de plantio direto. “Podem ser usadas no cultivo irrigado de inverno, por exemplo, e para a safrinha sequeiro. E são culturas que se adaptam bem ao clima do Distrito Federal e da região”, complementa.

 

Sustentabilidade também tem que ser social e econômica

 

Agricultura sustentável é um modo de produção de alimentos que considera fatores como conservação e recuperação do solo, da água e dos recursos genéticos animais e vegetais, conservação ambiental e uso de técnicas regenerativas, economicamente viáveis e socialmente aceitáveis. Ou seja, a atividade tem que levar em consideração não apenas o meio ambiente, mas também aspectos sociais e econômicos, visando mais produtividade, mais renda e mais qualidade de vida para o produtor e para todos os elos das cadeias produtivas e de consumo do agro.

 

Assim, cabe destacar que, sob os aspectos social e econômico, o cultivo de pulses e os sistemas de ILPF trazem benefícios aos produtores. O plantio dessas leguminosas tem baixo custo, pode ser feito em áreas pequenas, e para ele estão disponíveis cultivares novas e bastante tolerantes a pragas e doenças. Além disso, sementes de alta qualidade estão em desenvolvimento, visando produtividade. O mercado interno é um campo a ser mirado pelos agricultores brasileiros, tendo em vista ser grande o volume de importação de pulses. Exportações também são uma alternativa.

 

O presidente da Coopa-DF, José Guilherme Brenner, aposta no acerto da escolha desse tema e que o Pulse Day será um grande evento na programação da AgroBrasília. “O cultivo de pulses tem que ser visto como forma de diversificação e busca de novos mercados, diminuindo a dependência atual de apenas duas culturas de exportação. E nós que estamos aqui no Cerrado alto temos as condições geográficas ideiais para plantar pulses, como clima e altitude”, pontua.

 

Nessa mesma linha, os sistemas de ILPF permitem a utilização mais eficiente dos recursos naturais e têm se mostrado promissores para a diversificação das atividades na propriedade agrícola e para o aumento da produtividade de forma sustentável. Com o uso desses sistemas, é possível integrar as atividades produtivas de forma sinérgica, com benefícios para a fertilidade do solo, balanço de carbono, controle de pragas e doenças, conservação de água e biodiversidade, redução do impacto ambiental. Tudo isso se traduz em renda e qualidade de vida para quem vive da atividade rural e para toda a sociedade.

 

Serviço

Feira AgroBrasília

Data e horário: 23 a 27 de maio, das 8 às 18 horas

Onde: Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no PAD-DF, no Km 05 da BR-251, sentido Brasília-DF/Unaí-MG

Realização: Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF)

 

Mais informações:

Vincere Comunicação

Telefones:

Cintia Lima: (61) 98347-2500 (WhatsApp)

Lydia Costa (61) 98432-1328 (WhatsApp)

Pedro Costa: (61) 98252-6627 (WhatsApp)

E-mail: imprensa@agrobrasilia.com.br

Outros artigos desse tema