Anúncio aqui
03.03.2021 | Por: administrador

Agropecuária cresce 2% apesar de queda PIB do Brasil em 2020, diz IBGE

A pandemia da Covid-19 levou o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil ao menor nível da série história do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que começou em 1996. A economia nacional recuou 4,1%, para R$ 7,4 trilhões. Na contramão dos demais setores, no entanto, a agropecuária cresceu 2%.

De acordo com o IBGE, o crescimento da agropecuária no ano deve-se ao ganho de produtividade da agricultura, que suplantou o fraco desempenho da pecuária e da pesca, com destaque para soja (alta de 7,1%) e o café (crescimento de 24,4%), que alcançaram produções recordes na série histórica.

O PIB per capita alcançou R$ 35.172 em 2020, queda de 4,8% em termos reais. Essa também foi a menor taxa da série histórica, segundo o IBGE. Frente ao terceiro trimestre do ano passado, na série com ajuste sazonal, o PIB teve alta de 3,2% no quarto trimestre de 2020. Os setores de indústria e serviços cresceram 1,9% e 2,7%, respectivamente, enquanto a agropecuária recuou 0,5%.

Em relação ao quarto trimestre de 2019, o PIB caiu 1,1% no último trimestre de 2020. Foram registrados resultados negativos na agropecuária (-0,4%) e nos serviços (-2,2%), enquanto a indústria cresceu 1,2%. No agro, destaque para as quedas em produtos cujas safras são significativas no quarto trimestre, como a laranja (-10,6%) e o fumo (-8,4%).

Conteúdo publicado em Canal Rural

Imagem: divulgação

Fonte: FaeG

Outros artigos desse tema