03/12/2020

Ministra quer participação ativa da Embrapa na atualização do Plano ABC

Noticía Agricultura
compartilhar

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, esteve na sede da Embrapa na segunda-feira, 30 de novembro, e manteve reunião de aproximadamente três horas com o presidente da Embrapa, Celso Moretti. Eles discutiram uma ampla agenda, mas que teve como destaque alternativas para o Brasil avançar no uso da agricultura de baixo carbono.

A intenção da Ministra é atualizar o Plano ABC, com a incorporação de novas soluções tecnológicas e, ao mesmo tempo, ampliar o uso de estratégias relacionadas à sustentabilidade agrícola no Brasil a partir de tecnologias consolidadas como controle biológico, fixação biológica de nitrogênio, tratamento de dejetos e integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).  Ela quer o envolvimento da Embrapa nesta atualização do Plano ABC.

O Programa ABC

Agricultura de Baixa Emissão de Carbono -, liderado pelo Mapa, com a participação ativa da Embrapa, tem como objetivo estimular os agricultores a adotarem técnicas que reduzam as emissões de gases de efeito estufa (GEE). Fazem parte das alternativas do Plano ABC, soluções de recuperação de pastagens degradadas, sistemas de ILPF, agroflorestais (SAFs) e plantio direto (SPD), fixação biológica de nitrogênio (FBN), florestas plantadas (FP) e tratamento de dejetos animais (TDAs) e a adoção de sistemas integrados de produção como medida mitigatória. Também há disseminação de práticas de agricultura de baixa emissão de carbono e o engajamento de produtores em obter retorno econômico com preservação do meio ambiente.

Mercado de carbono é bilionário

Moretti destacou que a Embrapa, a partir do arcabouço do Marco Legal de Ciência e Tecnologia, está investindo em contatos, parcerias, dividindo riscos e benefícios de ações específicas para ampliar a sustentabilidade da agricultura brasileira. Lembrou, por exemplo, o sucesso recente da implantação do Carne Carbono Neutro (CCN), uma marca-conceito que já está nas prateleiras de supermercados. O CCN faz parte da Plataforma Pecuária de Baixa Emissão de Carbono, que envolve também as marcas “carne baixo carbono”, “carbono nativo”, “bezerro carbono neutro” e “couro carbono neutro”, com possibilidades de ampliação. A intenção da Embrapa, manifestada pelo presidente Celso Moretti é ampliar o conceito também para outros produtos agrícolas como arroz e soja, por exemplo.

Para Moretti, o Brasil tem um grande estoque de tecnologias, interesse dos agricultores, há uma disseminação de informações, mas ainda há um enorme potencial para ampliar a adoção e gerar novas tecnologias sustentáveis. Explicou que a Embrapa desenvolveu metodologias, faz monitoramento e possui grupos de pesquisas mobilizados no tema. “Há um mercado bilionário de carbono no mundo e o Brasil pode ser ainda mais protagonista. O agro brasileiro ainda é pouco eficiente na captura de valor disponível no mercado de carbono, que é estimado em aproximadamente US$ 250 bilhões.”

Na discussão foi destacado o interesse da Ministra em ampliar o conhecimento, no exterior, sobre a sustentabilidade da plataforma agrícola brasileira. Ela quer utilizar as informações disponíveis da Embrapa para ajudar o governo a explicar as características únicas da agricultura brasileira em sustentabilidade e uso da ciência.

Balanço de 2020

Moretti também apresentou, na reunião, um balanço da atuação da Embrapa nos últimos meses e uma projeção sobre entregas e prioridades em 2021. A ministra mostrou satisfação especial pela implantação do ERP, que considerou um desafio muito difícil e que foi superado.

Tereza Cristina foi convidada pelo presidente e aceitou o convite para participar do IX Congresso Brasileiro de Soja (IX CBSoja) e do Mercosoja 2021 (www.cbsoja.com.br), a serem promovidos pela Embrapa, de 28 de junho a 1 de julho de 2021, em Foz do Iguaçu (PR).

Fonte: Embrapa

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pesquisadores identificam plantas capazes de extrair níquel do solo

Abertura Nacional da Colheita da Soja terá palestra sobre preços da soja para 2021

AGROBRASÍLIA
Feira Internacional dos Cerrados
agrobrasilia@agrobrasilia.com.br
+55 61 3339-6541
+55 61 3339-6542
+55 61 98478-6676
+55 61 99945-0292

Seja expositor


© Copyright 2019 AgroBrasília Todos os direitos reservados         Design Lucivam Queiroz // Frontend webtoyou // Desenvolvimento Agro3w