ptenes

 Baixe o aplicativo da AgroBrasília:

 

Soja

Cerca de 450 pessoas estiveram presentes no Dia de Campo da Competição de Cultivares da AgroBrasília 2017. Realizado pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal  (Coopa-DF) em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), o Dia de Campo foi um sucesso e superou as expectativas da organização. O evento contou com a participação de 13 empresas e um total de 64 cultivares, sendo 50 cultivares de soja IPRO e 14 cultivares de soja RR. A competição é a oportunidade para produtores rurais conhecerem as cultivares disponíveis no mercado e, ainda, auxiliam na tomada de decisões para o plantio da próxima safra.

A Competição de Cultivares conta com um fator positivo que comprovam sua imparcialidade quanto ao material plantado, uma vez que recebem o mesmo manejo e tratamento realizado pela equipe técnica da AgroBrasília. Segundo Carlos Vítor Silva, Coordenador da Competição de Cultivares, “o evento dá a oportunidade de mostrar para os produtores cultivares plantadas na mesma data, com a mesma adubação e com os mesmos traços culturais. São as mesmas produções para todas as cultivares”, conta.

Neste ano, o evento contou com novidades, além da isenção de custos para os participantes, as empresas que não estão inseridas na AgroBrasília puderam participar do evento e apresentar seus materiais: “se estamos procurando materiais melhores, precisamos dar oportunidade a todas as empresas que produzem sementes a participarem do evento”, explica Marconi Borges, gerente da Emater no PAD-DF.

Segundo Marconi, o clima instável e a falta de chuvas afetaram as cultivares. Apesar do grande volume de chuvas em dezembro, após o fim do mês até o dia 15 de janeiro houve o chamado veranico, uma estiagem que prejudicou a potencialidade de produção das plantas, mas, mesmo assim, ainda será uma safra melhor que a safra dos outros anos.

As cultivares plantadas são de alto teor produtivo. Guido Amadeu Kist, produtor da região de Tabatinga, em Planaltina (DF), considera o Dia de Campo como uma oportunidade de conhecer os melhores materiais do mercado: “Eu venho todo ano para escolher uma variedade para dar subsequência ao meu plantio. Para minha plantação, eu preciso de uma cultivar diferenciada e as que têm aqui são de ótima qualidade. Foi um Dia de Campo muito produtivo”, pontua Guido.

O Dia de Campo da Competição de Cultivares é uma oportunidade para as empresas apresentarem seus materiais e, além disso, dão maior liberdade para o produtor na hora de decidir o que será plantado. Os resultados dos materiais expostos no Dia de Campo serão divulgados durante a AgroBrasília 2017, realizada entre os dias 16 a 20 de maio, no PAD-DF.

Revista Oficial

Jornal Oficial

Patrocínio

 

Patrocinador Master