AgroBrasília em números

A AgroBrasília não é referência apenas em tecnologia para a agricultura tropical, mas também em tamanho. A feira é a maior do segmento do Planalto Central.

Os números impressionam. Em 2018, o evento contou com a presença de 440 expositores, um crescimento de aproximadamente 3% em relação a 2017, quando a feira contou com 430 empresas participantes. 

O volume de negócios também vem crescendo exponencialmente. Em 2016, esse número foi de R$ 600 milhões, em 2017 foram movimentados R$ 710 milhões e em  2018 o volume chegou a R$ 1,1 bilhão.

Em relação aos visitantes, os números também surpreendem. Aproximadamente 115 mil visitantes estiveram no evento em 2018, número maior que o do ano anterior, quando passaram pela feira 99 mil pessoas.

Safra de soja no DF deverá ser de 254 mil toneladas

Região é detentora de altas produtividades e irá sediar uma das maiores feiras agropecuárias do País

Levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que a produção de soja no Distrito Federal será superior em 0,4%, considerando uma produtividade média de 3.470 kg/ha, devendo atingir um volume de 254 mil toneladas.

Ainda segundo dados da Conab, em relação à safra 2018/2019, a área plantada de soja na região foi acrescida em 2,4%, se comparada à safra passada.

O Distrito Federal, apesar de ser considerado a menor unidade da Federação, apresenta altos índices de produtividades de grãos por área plantada. “Em trigo irrigado, está sendo a maior produtividade do Brasil, acima de 6.500 kg por hectare, um record, nenhuma unidade da Federação tem essa produtividade. E em relação à soja, temos obtido sempre acima de 3 mil kg por hectare, e chegamos a competir com o Mato Grosso”, explica o engenheiro agrônomo Cláudio Malinski. Quanto ao milho, segundo o agrônomo, o DF tem uma produtividade muito boa, comparável à do Paraná. “Com relação ao feijão, temos a maior média de produtividade por hectare do país, sendo o irrigado acima de 3 mil kg por hectare e o de sequeiro acima de 2.500 kg, sendo que esta produtividade do feijão varia de ano a ano em função do clima”, acrescenta.

AgroBrasília

Não é por acaso que a capital federal sedia a Feira Internacional dos Cerrados (AgroBrasília). A Feira, que será realizada de 14 a 18 de maio, é uma das maiores do país e a cada edição vem contribuindo para o avanço da tecnologia na região, para a troca de informações e para o aumento da produção agropecuária como um todo, afinal, a região do Planalto Central é uma das mais diversificadas do mundo em se tratando de atividades do agronegócio.

Em 2019, a AgroBrasília chega a sua 12ª edição. Anualmente, a Feira leva milhares de pessoas aos 500 mil m² do Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF). Além de oportunidades de negócios, o evento proporciona a modernização do cultivo, da frota e das propriedades, promovendo o desenvolvimento da região como um todo.

“Considerando que o agronegócio é o carro-chefe da economia brasileira atualmente, junto com a indústria, a AgroBrasília, que, hoje, está entre as maiores do País, é de suma importância. Com isso, os produtores conseguem agregar conhecimento e levar para sua propriedade e, dessa forma, ganha-se em produtividade, o que torna seu empreendimento mais sustentável”, afirma Ronaldo Triacca, coordenador-geral da AgroBrasília.

A AgroBrasília acontece em uma região que concentra grande produção agrícola e registra altos índices de produtividade, responsável pelo abastecimento de boa parte do mercado no DF, além de atender outros mercados.

Coopa-DF propõe Plano Sustentabilidade e ações socioambientais para a AgroBrasília

O que é / objetivos

Desde seu lançamento em 2008, a AgroBrasília vêm evoluindo e conquistando importantes marcas no cenário nacional, sendo considerada a feira do agronegócio que mais cresce no Brasil. Com mais de 100 mil visitantes, e expressivos 1,1 bilhão de reais em negócios, o evento também promove uma série de ações socioambientais que visam contribuir para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas – ONU.

Em setembro de 2015, líderes mundiais reuniram-se na sede da ONU, em Nova York, e decidiram um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Safra de soja no DF deverá ser de 254 mil toneladas

Região é detentora de altas produtividades e irá sediar uma das maiores feiras agropecuárias do País

Levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que a produção de soja no Distrito Federal será superior em 0,4%, considerando uma produtividade média de 3.470 kg/ha, devendo atingir um volume de 254 mil toneladas.

Ainda segundo dados da Conab, em relação à safra 2018/2019, a área plantada de soja na região foi acrescida em 2,4%, se comparada à safra passada.

O Distrito Federal, apesar de ser considerado a menor unidade da Federação, apresenta altos índices de produtividades de grãos por área plantada. “Em trigo irrigado, está sendo a maior produtividade do Brasil, acima de 6.500 kg por hectare, um record, nenhuma unidade da Federação tem essa produtividade. E em relação à soja, temos obtido sempre acima de 3 mil kg por hectare, e chegamos a competir com o Mato Grosso”, explica o engenheiro agrônomo Cláudio Malinski. Quanto ao milho, segundo o agrônomo, o DF tem uma produtividade muito boa, comparável à do Paraná. “Com relação ao feijão, temos a maior média de produtividade por hectare do país, sendo o irrigado acima de 3 mil kg por hectare e o de sequeiro acima de 2.500 kg, sendo que esta produtividade do feijão varia de ano a ano em função do clima”, acrescenta.

AgroBrasília

Não é por acaso que a capital federal sedia a Feira Internacional dos Cerrados (AgroBrasília). A Feira, que será realizada de 14 a 18 de maio, é uma das maiores do país e a cada edição vem contribuindo para o avanço da tecnologia na região, para a troca de informações e para o aumento da produção agropecuária como um todo, afinal, a região do Planalto Central é uma das mais diversificadas do mundo em se tratando de atividades do agronegócio.

Em 2019, a AgroBrasília chega a sua 12ª edição. Anualmente, a Feira leva milhares de pessoas aos 500 mil m² do Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF). Além de oportunidades de negócios, o evento proporciona a modernização do cultivo, da frota e das propriedades, promovendo o desenvolvimento da região como um todo.

“Considerando que o agronegócio é o carro-chefe da economia brasileira atualmente, junto com a indústria, a AgroBrasília, que, hoje, está entre as maiores do País, é de suma importância. Com isso, os produtores conseguem agregar conhecimento e levar para sua propriedade e, dessa forma, ganha-se em produtividade, o que torna seu empreendimento mais sustentável”, afirma Ronaldo Triacca, coordenador-geral da AgroBrasília.

A AgroBrasília acontece em uma região que concentra grande produção agrícola e registra altos índices de produtividade, responsável pelo abastecimento de boa parte do mercado no DF, além de atender outros mercados.