Confira o resultado final da Competição de Cultivares 2018

Tabela 1

Tabela 2

Tabela 3

Tabela 4

 

Tabela 5

Tabela 6

Tabela 7

Tabela 8

Soja

A Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF) realizou, em parceria com a Emater-DF, no dia 15 de fevereiro, o Dia de Campo da Competição de Cultivares de Soja. O evento, que tem o objetivo de mostrar ao produtor os materiais trazidos pelas empresas, além de uma oportunidade de apresentar materiais de qualidade que se adaptam ao clima e ao solo da região, atraiu 521 pessoas, entre autoridades, técnicos agrícolas, produtores rurais e representantes das empresas do agronegócio.

O Dia de Campo é de fundamental importância, pois auxilia produtores rurais na tomada de decisões para a próxima safra e integra as atividades da AgroBrasília, a maior e mais importante feira do agronegócio do Planalto Central.

Neste ano foram plantadas 59 cultivares de soja, sendo 4 RR e 55 PRO-Intacta, plantados em 1º. de novembro de 2018 em uma área de mil m2 por cultivar. Todas as cultivares recebem os mesmos cuidados em relação à adubação, à aplicação de herbicidas e ao tratamento do material, garantindo uma competição justa. Os resultados serão divulgados durante a Feira.

“Essa competição de cultivares dá início à AgroBrasília, que acontece em maio. É o primeiro evento da nossa Feira. A intenção é mostrar para o produtor rural o potencial produtivo das variedades que temos aqui no campo disponíveis para ele avaliar”, afirma Leomar Cenci, presidente da Coopa-DF.

Segundo o presidente, o produtor vai poder avaliar e ver não apenas as variedades mais produtivas, mas também os diferentes ciclos da cultura. “Todo agricultor que vier aqui dificilmente vai deixar de adquirir uma dessas variedades na AgroBrasília”, ressalta.

Para Ronaldo Triacca, coordenador-geral da Feira, o Dia de Campo é um evento muito importante tanto para organizadores quanto para os produtores e expositores, sendo praticamente um “esquenta” para a AgroBrasília. “Esse já é um evento consolidado, é a 11a edição da competição de cultivares. Ele tem uma importância muito grande porque, de fato, representa o que acontece nas lavouras como um todo, ou seja, a soja aqui foi plantada no mesmo período que os produtores plantam e uma grande diversidade de variedades da cultura. Neste ano, estamos com 59 materiais e as empresas mostram todo o seu potencial”, afirma.

“O Dia de Campo da Competição de Cultivares coloca o produtor em contato com novas tecnologias, novas variedades e com lançamentos, e isso vai se refletir dentro de nossa propriedade. Levando daqui uma nova tecnologia, a gente vai produzir mais, principalmente em nossa região, onde a agricultura é muito forte”, ressalta João Nestor, engenheiro agrônomo de Cristalina (GO).

Cultivares

A competição deste ano reuniu 15 grandes empresas de sementes que apresentaram o que há de mais novo em relação à tecnologia, qualidade e desenvolvimento da soja. São elas: Agro Vitória/Grapa, Arena Sementes, Basf, Brevant, Coopadap, Dois Marcos, Embrapa, FT Sementes, Guaia, KWS, Macro Seeds, Mercantil Agrícola, Nidera Seeds (licenciamento), Nidera Sementes e Sementes WB.

Apoio

Para a realização do Dia de Campo, os organizadores contaram com o apoio de empresas do setor do agronegócio. Neste ano, o evento teve o patrocínio da Bayer, Dimiagro Fertilizantes, KLF, Koppert do Brasil e Mosaic.

Competição AgroBrasília - Cultivares de Milho

resultado competição milho

Dia de Campo da Competição de Cultivares reúne mais de 400 pessoas

Evento que marca os preparativos para a AgroBrasília apresentou variedades de soja

A Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF) e a AgroBrasília, em parceria com a Emater-DF, realizaram seu tradicional Dia de Campo da Competição de Cultivares de Soja. O evento levou mais de 400 pessoas ao campo demonstrativo, no PAD-DF, e reuniu empresas, autoridades, técnicos agrícolas, estudantes, profissionais do setor e produtores da região.

O evento superou as expectativas e oportunizou apresentar novas cultivares de soja com altos índices de qualidade. Foram apresentados, no total, 67 materiais cultivados num espaço de mil metros quadrados cada, sendo 51 cultivares de soja IPRO e 16 cultivares de soja RR.

No evento, estiveram reunidas importantes empresas do agronegócio, que apresentaram tudo o que há de mais novo no quesito tecnologia, qualidade e desenvolvimento da semente de soja. Dezoito empresas de sementes e três empresas de insumos participaram do Dia de Campo.

A Competição de Cultivares, evento tradicional da AgroBrasilia, é a oportunidade de apresentar materiais de qualidade que se adaptam ao clima e ao solo da região do Planalto Central. “O produtor participa do evento, vê todos os materiais e seu desempenho no campo e, na AgroBrasília, divulgamos os resultados. Isso serve como ferramenta para a tomada de decisões, além de planejamento do próximo plantio”, avalia Ronaldo Triacca, coordenador-geral da AgroBrasília.

O Dia de Campo é o momento oportuno para os produtores rurais observarem cultivares plantadas na mesma data, com a mesma adubação e mesmo manejo, o que garante a isonomia da Competição.

Segundo Leomar Cenci, presidente da Coopa-DF, o objetivo da Competição é levar tecnologia ao produtor. “A Cooperativa não tem nenhum interesse comercial com o evento, o que a gente busca, realmente, são variedades que possam atender ao produtor rural e que faça com que ele produza cada vez mais”, afirma.

Participação assídua de empresas e visitantes

Desde o ano passado, o evento isenta as empresas de taxas, o que garante, cada vez mais, maior participação por parte das empresas de agronegócio.

Para Carlos Vítor, coordenador da Competição, a forma como é conduzida garante os constantes bons resultados do evento: “o mesmo tratamento dado a uma empresa, é igualmente dado às outras. As cultivares de todas as empresas são igualmente bem plantadas e conduzidas, não tem privilégio, isso é importante para que o evento tenha sucesso”, comenta.

“É um evento tradicional da macrorregião do Planalto Central e é muito importante, não só para a AgroBrasília, mas para todos os produtores rurais. Fazemos um trabalho sério, onde as empresas participam com seus materiais tradicionais, já plantados pelos produtores, além de seus lançamentos”, avalia Triacca.

Já para os produtores, o evento é de extrema importância. “A cada ano surgem novos desafios nos quesitos tempo, clima, doenças e pragas, então, por isso, é muito interessante observar o que está sendo desenvolvido no campo. Esse evento favorece muito nosso trabalho”, afirma Raimundo Sauer, agropecuarista em Unaí (MG).

As empresas consideram o evento como de grande importância e repercussão na região do Planalto Central: “um público grande circula aqui. Isso é importante para qualquer empresa que está expondo seus produtos, pois há uma difusão muito grande, num curto intervalo de tempo, onde a empresa pode apresentar seus materiais de forma efetiva para seu público alvo”, pontua Bruno Ferreira, representante de licenciamento da Nidera Sementes.

Resultados apresentados no primeiro dia da Feira

Em 2018, patrocinam o Dia de Campo e são parcerias do evento as empresas Dimiagro Fertilizantes, Koppert do Brasil e Yara Brasil. As dezoito empresas participantes foram: Advanta, Agroeste, Bayer, Coodetec, Coopadap, Dimiagro, Dois Marcos, Dow Agrociences, Embrapa, FT, Guaia, Koppert, KWS, Limagrain, Macro Seed, Nidera, Syngenta e Tec Agro.

O Dia de Campo foi uma mostra prévia dos resultados da Competição, que serão divulgados no primeiro dia da AgroBrasília que, neste ano, será realizada de 15 a 19 de maio.

Assessoria de Imprensa:

Vincere Associados

Isabella R. Cantarino - (61) 3019-1258 / (61) 98347-2500

Competição AgroBrasília - Cultivares de Soja

resultados soja2016